governo Lula que favorece o aborto

24/02/2010 00:10

 

PT brinda apoio incondicional ao Programa “desumano” do governo Lula que favorece o aborto

 
SÃO PAULO, 21 Fev. 10 / 03:23 pm (ACI).- O Partido dos Trabalhadores, em seu Congresso realizado de 18 a 20 de fev 2010, aprovou o Programa Nacional de Direitos Humanos do governo, editado pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva no final de 2009, por Decreto. Os delegados do PT entenderam que o partido deve manifestar "apoio incondicional ao programa" por considerar que ele é "fruto de intenso processo de participação social".


Segundo a Folha de São Paulo em sua edição do dia 16 de fevereiro “uma resolução apresentada por 15 petistas, entre eles o ex-ministro de Direitos Humanos Nilmário Miranda (PT-MG), pede que o partido dê "apoio incondicional" ao plano aprovado no governo do presidente Lula. Os petistas dizem que os direitos humanos devem ser protegidos e praticados por todos, independentemente de partidos”, assinala o jornal da capital paulista. O tema também é tratado no documento "Diretrizes para o Programa de Governo Dilma Rousseff 2010", afirmava a Folha.

À luz destes fatos o autor, apresentador e conhecido pregador brasileiro, o Prof. Felipe Aquino, escreve hoje no seu blog que o “plano de Direitos Humanos do Governo, que quase nada tem de direitos humanos, é criticado fortemente pelos militares, pela Igreja Católica, pelos setores do agronegócio, pela Imprensa, pelos Magistrados e outros segmentos da sociedade. A Igreja repudia a descriminalização do aborto, o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e com adoção de crianças, a retirada dos símbolos religiosos de locais públicos, a revisão da lei da Anistia, a restrição à liberdade de Imprensa. Dr. Ives Gandra Martins considerou o Programa “desumano”. “É preciso que o povo católico saiba disso”, assinalava Aquino.

Em nota enviada recentemente à nossa redação o Professor Aquino assinalava também que “agora precisamos e devemos dizer, alto e bom som, que o PT apóia o aborto, o casamento de homossexuais, a retirada dos símbolos religiosos, etc. O povo católico precisa saber disso; cada católico tem o dever de divulgar isso de todas as formas: nas pastorais, nos jornais, nas rádios, nas tvs, nos grupos de oração, etc. É a defesa da lei de Deus. Onde estão os Direitos de Deus? "Quem não está comigo, está contra Mim", concluía o renomado autor católico.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=18253

© 2010 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode